Breve Histórico

A história do Coletivo se confunde com a trajetória de seus fundadores, Leo Rocha e Donminique Azevedo. Na bagagem, os dois carregam diversas ações no cenário cultural. Confira abaixo a linha do tempo da Coletivo:

2016

Projeto Sarau Domingo no Parque de Pituaçu - Ano III

Arte, sustentabilidade e economia solidária

 Promove pelo terceiro ano, a integração de ações culturais desenvolvidas por artistas e produtores independentes locais com a comunidade soteropolitana e turista.

 

2015

Projeto A Dengue Dengosa

O teatro como agente de cultura e de articulação em saúde

 Diante do cenário epidemiológico nacional, a iniciativa vem, desde 2008, realizando ações, por meio do fazer teatral, para combater o mosquito transmissor da Dengue, chikungunya e Zika

Projeto Cine Por Todo Canto

Porque a sétima arte é para todos

 O projeto consiste na exibição gratuitas de filmes em locais mais remotos do País. A sessão é sempre seguida de debates. 

Projeto Sarau Domingo no Parque de Pituaçu - Ano II

Arte, Cultura e lazer

 A programação conta com poesia, arte circense, teatro, dança, contação de histórias, stand up comedy e muita música. Tudo isso formando um sarau cultural.

2014

Show Aperitivo

Do Tropicalismo à Axé Music

 Curta temporada do Show no teatro Gamboa Nova, em Salvador, Ba.

2013

Show Aperitivo

Do Tropicalismo à Axé Music

Lançamento do Show no teatro Gamboa Nova, em Salvador, Ba. Na ocasião, foi gravado o primeiro DVD da carreira de Leo Rocha.

Projeto Sarau Domingo no Parque de Pituaçu - Ano I

Arte, Cultura e Lazer

A programação conta com poesia, arte circense, teatro, dança, contação de histórias, stand up comedy e muita música. Tudo isso formando um sarau cultural, com a mediação do artista Leo Rocha 

2011

Projeto Vozes em Gestos

Arte e Inclusão

 Vencedor do Edital Cultura e Direitos Humanos – SECULT, inovando ao desenvolver um trabalho profissional com atores surdos e ouvintes dividindo o mesmo palco. Deste projeto, nasceu o Espetáculo Diferente, concebido em LIBRAS e Português, com a participação de surdos e ouvintes.

Negreiros 2 – O Grito Agora Tem Outro Som

Uma trilogia teatral sobre o racismo

 A ironia configura-se num recurso lingüístico bastante utilizado pela direção, criando paralelos que representem poeticamente causas, efeitos e conseqüências de algumas situações preconceituosas que a população negra é, diariamente, exposta.

O Natal de Lindomar

Protagonismo juvenil

 Ação realizada com jovens da cidade de Livramento de Nossa Senhora.

2010

Espetáculo Eu Quero meu Presente de Natal

Protagonismo juvenil

 Ação realizada com jovens da cidade de Livramento de Nossa Senhora.

 

2009

Negreiros – Um Grito no Escuro

Uma trilogia teatral sobre o racismo

 Questiona o mito da democracia racial. Para tanto, baseia-se na obra lírico-amorosa do poeta baiano que transita no universo do negro escravo, cativo e maltratado. 

Espetáculo O Brasil Não Conhece o Brasil

Protagonismo juvenil

 Ação realizada com jovens da cidade de Livramento de Nossa Senhora. Na ocasião, foi concebido o curta metragem Amor e Fé. 

2008

Projeto A Dengue Dengosa

O teatro como agente de cultura e de articulação em saúde

 Por meio do fazer teatral, contribui para o combater ao mosquito transmissor da Dengue, chikungunya e Zika.